A COBERTURA NOTICIOSA DAS MIGRAÇÕES NO JORNAL NACIONAL E SUA RECEPÇÃO POR IMIGRANTES

Midiatização das migrações contemporâneas: A cobertura noticiosa no Jornal Nacional e sua recepção por imigrantes residentes em Porto Alegre

Entendendo a midiatização como um processo complexo que se articula à problemática cultural, esta pesquisa busca investigar como se configura esse fenômeno em relação a um âmbito específico, a questão das migrações, focalizada a partir de dois pólos do processo comunicacional: produto midiático e recepção, mais concretamente a cobertura noticiosa do Jornal Nacional sobre as migrações contemporâneas e sua recepção por imigrantes residentes na cidade de Porto Alegre. A pesquisa tem como objetivo geral entender os modos de enquadramento noticioso sobre a temática das migrações e os sentidos produzidos por uma amostra de imigrantes sobre essa cobertura noticiosa. Aportes da teoria construcionista da notícia e da perspectiva do agendamento fundamentaram a compreensão do produto midiático Jornal Nacional, dos enquadramentos, dos critérios de noticiabilidade, dos valores-notícia e das especificidades da linguagem telejornalística relativas à cobertura das migrações contemporâneas no período analisado. Para isso, foram constituídos dois movimentos metodológicos: um de caráter quantitativo, através do corpus de 46 matérias, que permitiu traçar um panorama das migrações no Jornal Nacional e outro de caráter qualitativo, a partir de um corpus menor, que possibilitou perceber os modos de enquadramento dessa cobertura telejornalística […]. Os resultados da pesquisa apontam, no âmbito do produto midiático, para modos de agendamento e de enquadramento da questão das migrações contemporâneas. No universo empírico da recepção, reconhece-se a mediação das competências migratórias e telejornalísticas na configuração dos sentidos sobre o modo de enquadramento noticioso acerca das migrações contemporâneas.

Paulo Roberto Fernandes

Acesse aqui a dissertação em pdf

%d blogueiros gostam disto: