A DINÂMICA DA DIÁSPORA HAITIANA NO BRASIL, NO SURINAME E NA GUIANA FRANCESA

Diaspora. As dinâmicas da mobilidade haitiana no Brasil, no Suriname e na Guiana Francesa

Esta tese analisa as experiências de mobilidade dos haitianos no Brasil, que abarca, em alguns casos, o Suriname e a Guiana Francesa. A pesquisa articula-se a partir de três dimensões: 1) as lógicas e os circuitos das mobilidades haitianas; 2) as lógicas das casas e das configurações de casas das quais as pessoas em mobilidade e imobilidade fazem parte; 3) os sentidos do termo diaspora (e o campo semântico que ele delineia), a partir da perspectiva dos sujeitos estudados, ponto central para compreender os sentidos sociais da mobilidade no espaço (trans)nacional haitiano, qualificando pessoas, objetos, casas, dinheiro e ações. O foco é o contingente de haitianos vindos ao Brasil pela Tríplice Fronteira Brasil, Colômbia e Peru, de 2010 a 2013 e os que foram para o Suriname e a Guiana Francesa neste mesmo período. A pesquisa etnográfica articula-se a partir da Tríplice Fronteira, mas desenvolve-se também em Manaus, na Guiana Francesa, no Suriname e no Haiti.

Joseph Handerson

Acesse aqui a monografia em PDF

%d blogueiros gostam disto: