A TRAJETÓRIA EDUCACIONAL E A IDENTIDADE DE UMA ESTUDANTE ESTRANGEIRA NO BRASIL

Trajetória educacional e configuração identitária: percurso acadêmico de uma estudante estrangeira no Brasil

O objetivo desta monografia é através do método autoetnografico apresentar a minha
própria experiência como estudante estrangeira, que cursou integralmente a graduação em
psicologia no Brasil, bem como implicações dessa vivência na configuração de minha
identidade. O interesse em produzir o referido tema surgiu em função da oportunidade de
vivenciar duas realidades educativas, do Brasil e da Guiné-Bissau. Compete indicar, que sou
oriunda da Guiné-Bissau, país este que fica situado na costa ocidental da África. Portanto, para
melhor entendimento deste trabalho, são apresentadas características geopolíticas, culturais e
educacionais da Guiné-Bissau e dados referentes à educação brasileira de forma a embasar a
utilização da autoetnografia, que é um procedimento específico da pesquisa qualitativa usado
quando existe observação e participação direta do próprio narrador. É um método utilizado em
pesquisas concernentes à vida social cultural e educacional de determinado país ou cultura.
Assim, como resultado, espero, a partir do relato da minha trajetória educacional, ter
contribuído de alguma forma no incentivo e na reflexão da realidade e a vivência educativa
enfrentada por estrangeiros, bem como as implicações que esta vivência tem na configuração
da identidade. Uma identidade sempre em processo de construção que me possibilita adotar
distintas predicações e diferentes papéis que me unem e ao mesmo tempo me tornam diferente
e igual a muitas mulheres negras que estão lutando pelo reconhecimento não só no mundo
acadêmico, laboral como na sociedade em geral.

Carla Saturnina Barreto Rodrigues

Acesse aqui a monografia em PDF

%d blogueiros gostam disto: