CONSTRUÇÃO DO MAPA DA IMIGRAÇÃO NO RIO DE JANEIRO

Construção do mapa da imigração no Rio de Janeiro: explorando os dados do censo demográfico

Este artigo apresenta a primeira etapa de um trabalho em desenvolvimento para produzir um diagnóstico da presença de imigrantes no Rio de Janeiro. A proposta mais ampla do trabalho é fazer um mapeamento a partir de levantamento dos dados obtidos nos Censos Demográficos realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Estamos cientes de que esses dados são permeados e afetados por distorções, sobretudo na subenumeração da imigração irregular, e que faltam registros administrativos que possibilitem uma melhor mensuração da imigração internacional no país – aspectos que tornam ainda mais desafiador investigar o fenômeno migratório. Apesar disso, reconhecemos a necessidade de identificar atores e setores governamentais e considerar os mecanismos institucionais e políticos existentes para a produção de dados sobre a imigração no Brasil.

O objetivo em longo prazo, e para além do presente artigo, é chegar a uma avaliação e análise crítica do atual quadro migratório, com o foco mais específico sobre a inserção do Estado do Rio de Janeiro no perfil regional e nacional e as tendências identificadas no mapeamento.
A etapa preliminar que apresentamos neste texto resulta do esforço coletivo de um grupo de trabalho autodenominado “Rede Migração Rio”, cujos objetivos se pautam pela realização de estudos e ações em favor da melhor integração e dos direitos dos migrantes.

Uma das propostas da Rede Migração Rio é a construção de um mapeamento baseado em dados quantitativos e em um futuro mapeamento de diferentes fontes e bases de dados de órgãos oficiais que tratam das migrações, combinado a dados qualitativos, derivados de nossas atuações e pesquisas junto aos migrantes, agregando outras análises que possam aportar mais informações ao estudo de modo a aprofundar nosso conhecimento sobre a realidade migratória no Rio de Janeiro.

Rede Migração Rio

Acesse aqui o estudo completo

%d blogueiros gostam disto: