IMIGRANTE É PRINCIPAL ALVO DO TRABALHO ESCRAVO

Bolivianos e paraguaios são a maioria da prática.

Enquanto o Brasil comemora 126 anos da abolição da escravatura, e de acordo com especialistas no cenário atual de combate ao trabalho escravo no país, a situação que se apresenta como a mais preocupante é a dos estrangeiros que chegam ao Brasil em busca de oportunidades.

Situação propiciada em razão da crescente demanda por mão de obra no país,nos últimos anos, resultante da expansão econômica, atraindo imigrantes de várias nacionalidades, que acabam expostos a condições de trabalho análogas às da escravidão – por dívida aos empregadores cumprem jornadas exaustivas,trabalho forçado e condições de trabalho degradantes.

Em entrevista a BBC Brasil, Renato Bignami, coordenador do programa de Erradicação do Trabalho Escravo da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em São Paulo, explica que o número de estrangeiros resgatados no Estado aumentou bastante nos últimos anos.

De acordo com ele, desde 2010, quando começaram as operações de combate a o trabalho escravo voltadas exclusivamente para estrangeiros, diversos bolivianos e peruanos foram resgatados no Estado de São Paulo, que concentra o maior contingente de trabalhadores estrangeiros do país. Todos eles foram encontrados em oficinas de costura ilegais, terceirizadas por confecções contratadas por marcas conhecidas.

“O número de resgatados está crescendo por causa de dois fatores: por um lado aumentou o interesse dos estrangeiros pelo Brasil, que muitas vezes entram de maneira irregular e se envolvem em condições de trabalho degradantes. Por outro, intensificamos as fiscalizações. Logo, a tendência é encontrarmos cada vez mais estrangeiros de nacionalidades variadas vítimas desse crime”, afirma.

Ele estima que mais de 300 mil bolivianos, e cerca de 70 mil paraguaios e 45mil peruanos estejam vivendo hoje na região metropolitana de São Paulo, a maioria sujeita a condições de trabalho análogas à de escravo. Recentemente quem descobriu o Brasil foram os haitianos, grandes levas de imigrantes ingressaram no país no último ano em busca de uma vida mais prospera, a cidade de São Paulo por ser a maior do país é o destino de muitos, e devido ao grau de necessitado econômica apresentado por eles a possibilidade de serem escravizados também é latente.

(Gazeta de Rondônia – 12/05/2014)



Categorias:imigrantes

%d blogueiros gostam disto: