BENEFÍCIOS DO TRABALHO ESTRANGEIRO

Empresas recorrem a estrangeiros para manter atividade produtiva no PR.

Empresas de Cascavel, no oeste do Paraná, tem recorrido a estrangeiros para manter as atividades produtivas. Os trabalhadores vem de Bangladesh, Senegal, Paquistão e Haiti, e reforçam a produção em um cenário de falta de mão-de-obra.

Em um frigorífico de Palotina, no oeste do estado, cerca de 130 funcionários vieram de fora do Paraná, e a maioria é de outros países. “Eu vim para o Brasil porque ainda tem guerra no meu país”, disse Youssef Coulibay, auxiliar de produção.

“A mesma remuneração que o funcionário brasileiro recebe esse pessoal também recebe. Eles estão no Brasil legalmente, então têm todos os direitos que os brasileiros têm, não muda nada com relação a isso”, explica o gerente Neivaldo Burin.

Além de reforçar a produção, os estrangeiros movimentam o setor de serviços na região. Um hotel de Marechal Cândido Rondon, também no oeste do estado, está lotado. Os novos clientes trouxeram alegria e costumes à casa. Por isso, algumas mudanças por parte do hotel tiveram que ser feitas, já que os hospedes não se adaptaram à comida. Eles preferem alimentos com bastante tempero e condimentos, então, passaram a eles mesmos prepararem as refeições. “Quanto mais forte melhor para eles. O sabor fica bem picante. Às vezes dá para comer, mas sempre não tem como”, afirma Ana Carla Miranda, cozinheira.

Para os estrangeiros, manter as tradições ajuda a amenizar a saudade. Shah Ahamed quer voltar para perto da família em Bangladesh, mas não agora. “Eu tenho muita saudade da minha família, mas não dá para todos virem para o Brasil, porque fica muito caro. É mais fácil eu voltar”. Já outros, querem ficar no Brasil e encaram essa fase como um recomeço.

(G1 – 23/08/2014)



Categorias:imigrantes

%d blogueiros gostam disto: