ARQUIVOS ÁUDIO E VÍDEO

Acesse, aqui, arquivos áudio e vídeo – documentários, reportagens, entrevistas, notícias e outros documentos audiovisuais sobre a questão migratória no Brasil. Atualizado e enriquecido continuamente, o repositório pretende oferecer um instrumento de acompanhamento e análise útil e confiável. Tanto em que diz respeito ao discurso produzido pela grande mídia sobre o fenômeno migratório, como para o registro de outras fontes sobre o mesmo tema.

  • Na mão dos coiotes: A saga dos haitianos traficados ao Brasil

Da rede de “coiotes” que controla o tráfico de imigrantes pelos países da América Latina às precárias instalações no Brasil, são muitos os problemas no caminho dos estrangeiros que entram irregularmente no país.

  • SP Creole: a vida dos haitianos na capital paulista

Trabalho de Conclusão de Curso de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo, o documentário SP CREOLE acompanha a vida dos haitianos no abrigo do Acre, na viagem de quatro dias em ônibus fretado pelo governo acreano até São Paulo e a batalha deles para conseguirem sobreviver na capital paulista.

  • Novos Imigrantes na ‘terra de oportunidade’

Depois da crise financeira de 2008, o movimento de imigração se caracterizou por estrangeiros de países e continentes que não eram tradicionais no Brasil, como haitianos ou de países da África. Em busca de uma vida melhor, esses estrangeiros veem o Brasil como uma “terra de oportunidade”.

  • Estrangeiros que buscam emprego no Brasil

No primeiro semestre de 2013, 5,5 mil pessoas de outros países conseguiram registro em São Paulo, um crescimento de 23% em relação ao mesmo perído do ano passado. Bolivianos, peruanos e paraguaios são os estrangeiros com mais regisros emitidos.

http://www.ebc.com.br/noticias/brasil/galeria/videos/2013/11/cresce-interesse-de-estrangeiros-em-trabalhar-no-brasil

  • Migração para o Brasil

O Programa traz uma discussão sobre a chegada dos imigrantes no Brasil que vem dos quatro cantos do mundo, seja pela busca de melhora na qualidade de vida, seja fugindo da crise que assusta os países da Europa.

http://200.17.203.90/content?vspace=1307&cid=49645302

  • Estrangeiros no Brasil – SBT Repórter

A série “Estrangeiros no Brasil” conta a história de imigrantes que alcançaram o sucesso.

http://www.sbt.com.br/sbtreporter/reportagens/?id=22562

  • De braços nem tão abertos

Apesar dos processos de anistia, os imigrantes ainda têm problemas para conseguir os documentos e enfrentam outros desafios para consolidar a plena cidadania no país, como a conquista do direito ao voto.

  • Queridinho dos estrangeiros: Cresce o número de estrangeiros naturalizados

Nos últimos anos, o números de estrangeiros naturalizados brasileiros cresceu cerca de 50%. Alguns imigrantes já tinham família no Brasil, outros vieram com a intenção de permanecer apenas por uma temporada, mas acabaram se instalando de vez.

http://entretenimento.r7.com/hoje-em-dia/videos/queridinho-dos-estrangeiros-cresce-numero-de-naturalizados-no-brasil/idmedia/523078480cf208c65704b249.html

  • Refugiados: o futuro longe de casa

Ao longo de toda a história o homem mudou de casa, de país. O problema é quando ele é obrigado a fazer essa mudança por medo de perseguições políticas, ou de não conseguir um emprego que garanta as suas necessidades básicas.

http://tvbrasil.ebc.com.br/caminhosdareportagem/episodio/refugiados-o-futuro-longe-de-casa 

  • Melodias haitianas embalam cultos em Porto Velho

No Estado com o maior percentual de evangélicos do país, a religião funciona como uma acolhida para os recém-chegados. Atraídos por empregos nas usinas do rio Madeira, desde 2011 ao menos 3 mil imigrantes do Haiti se mudaram para Porto Velho, Rondônia.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/videos_e_fotos/2013/07/130703_haitianos_igrejas_vale_jp.shtml

  • A difícil realidade dos imigrantes bolivianos que vivem no Brasi

Por estarem ilegais, os imigrantes enfrentam grandes dificuldades no dia-a dia, mas o maio dos problemas é a questão da saúde.

http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/33238/A-dificil-realidade-dos-imigrantes-bolivianos-que-vivem-no-Brasil.html” target=”_blank”>http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/33238/A-dificil-realidade-dos-imigrantes-bolivianos-que-vivem-no-Brasil.html

  • Comunidade Japonesa no Brasil

No início do século XX, chegou ao Brasil o primeiro navio que trazia imigrantes japoneses. 105 anos depois, o país abriga a maior comunidade fora do Japão, tendo mais de um milhão de japoneses e descendentes.  O bairro da Liberdade, em São Paulo, carrega as marcas e as tradições desse povo.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=U2T7KeF2zCw http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=U2T7KeF2zCw
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=5CUV-u5Q7lU” http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=5CUV-u5Q7lU

  • Imigrantes sul-americanos chegam ao Brasil em busca de empregos

Imigrantes sul-americanos chegam a São paulo com a esperança de melhores empregos e renda. Alguns desses trabalhadores já saem dos seus países com uma promessa de trabalho feita por um amigo que já está instalado no Brasil ou por um organizador. Todos esperam que essa experiência dê certo para que um dia possam trazer toda a família.

http://noticias.r7.com/videos/imigrantes-sul-americanos-chegam-ao-brasil-em-busca-de-emprego/idmedia/51bd03400cf2b93b75940967.html
http://noticias.r7.com/videos/imigrantes-sul-americanos-chegam-ao-brasil-em-busca-de-emprego/idmedia/51bd03400cf2b93b75940967.html

  • Estudantes estrangeiros dão aulas de idioma na Rocinha

Estudantes estrangeiros vêm para o Brasil  para atuarem como professores voluntários na Rocinha. Esses jovens passam a morar na comunidade e dão aulas de inglês e japonês. Para complementar a renda enquanto ficam no país, trabalham até mesmo como assistentes de pedreiro.

http://noticias.r7.com/educacao/noticias/estudantes-estrangeiros-dao-aula-de-idiomas-na-rocinha-20130607.html

  • Médicos estrangeiros

O programa Brasil em Foco traz a discussão da chegada de médicos estrangeiros no Brasil em resposta ao convite do Governo Federal

http://www.youtube.com/watch?v=LqUjd4dHu0Q

  • Cresce o número de estrangeiros que vivem no Brasil

Cada vez mais estrangeiros que vem para o Brasil para passar apenas uma temporada, acabam ficando no país. Eles se apaixonam pelas pessoas, pela comida e aprendem a falar português.

http://www.youtube.com/watch?v=RAkWONfZxQs

  • Territórios estrangeiros no Brasil – Caminhos da Reportagem

O programa mostra cidades no sul do país que até hoje carregam tradições dos seus colonizadores, países como Alemanha, Ucrânia ou Líbano. Descendentes desses povos ou não, convivem de maneira harmoniosa tendo uma grande troca cultural diária. Independente do sotaque, todos tem orgulho de serem brasileiros.

  • Walachai – Trailer Oficial

O documentário conta a história de povoados no Sul do Brasil que vivem distantes da globalização. Nestas pequenas cidades, as pessoas ainda se comunicam em dialetos do alemão, algumas nem chegaram a aprender o português. Apesar de se comunicarem em outra língua, todos são brasileiros e se reconhecem como tal.

  • Peruanas procuram emprego no Brasil

Mais de 33 mil peruanos vivem em situação regular no país. A regularização da documentação desses imigrantes tornou-se mais fácil, desde de fevereiro de 2012, quando o Peru aderiu ao acordo de livre trânsito e residência. Eles procuram o Brasil em busca de melhores condições e emprego e renda

  • Esquema de exploração do trabalho de bolivianos no Brasil é revelado

O Profissão Repórter, programa exibido pela Rede Globo, mostra todo o processo, desde o aliciamento na cidade de El Alto, perto de La paz, até a chegada dos bolivianos em São Paulo. São centenas que chegam diariamente na rodoviária da Barra Funda para trabalhar em regime de escravidão em oficinas de costura.

http://g1.globo.com/profissao-reporter/noticia/2013/04/esquema-de-exploracao-do-trabalho-de-bolivianos-no-brasil-e-revelado.html

  • Estudantes Estrangeiros no Brasil 

Muitos estudantes vem para o Brasil através de parcerias que acontecem entre as sua faculdades e a faculdade brasileira. Principalmente de origem latina ou espanhola, eles vêem no país uma oportunidade de crescimento profissional e cultural.

http://www.sejabixo.com.br/vestibular/como2.asp?id=552

  • Brasil atrai número crescente de estrangeiros para pós-graduação

Com economia em ascensão, a Copa do Mundo e as Olimpíadas, o Brasil ganha cada vez mais visibilidade. Com isso estudantes estrangeiros são atraídos pelo país para cursar a pós-graduação. Tendo como destino principal o Rio de Janeiro, eles buscam as áreas em que a cidade se destaca, como óleo e gás.

Percebendo a crescente importância da cidade, a Columbia University acaba de criar mais um dos seus Global Centers. Já instalados em outros países, os Centros de Intercâmbio e Pesquisa visam à analise desses espaços urbanos e suas possibilidades de crescimento.

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-da-globo/v/brasil-atrai-numero-crescente-de-estrangeiros-para-pos-graduacao/2462892/

  • Brasil exerce atração de profissionais estrangeiros

A cada dia cresce o número de estrangeiros que procuram empregos no Brasil. Em 2012, mais de 73 mil vistos foram concedidos. Dentre eles, cerca de 8 mil sendo vistos permanentes. Como os estrangeiros mais beneficiados estão os portugueses na liderança, seguidos por espanhóis e chineses.  Normalmente qualificados, eles assumem posições de gerência nas empresas em áreas de tecnologia e engenharia.

  • São Paulo, a Capital da Bolívia

Contabilizados pelo Ministério da Justiça, existem cerca de 50 mil imigrantes bolivianos, porém de acordo com o Consulado da Bolívia, esse número alcança os 350 mil. Ou seja, cerca de 300 mil bolivianos encontram-se em situação irregular no país. A imigração boliviana ganhou  força quando a circulação pela América do Sul tornou-se mais fácil. Sem a necessidade de conseguir visto, chegavam ao Brasil com a esperança de um futuro melhor que não enxergavam na Bolívia.

  • Aumento de trabalhadores estrangeiros

O Brasil por muitos anos foi exportador de mão-de-obra, hoje essa realidade se inverte. Em 2012, o número de vistos para trabalhadores estrangeiros cresceu 3,5% em relação a 2011. Isso, contudo, não indica que os brasileiros estão perdendo seus empregos. Esses imigrantes, atraídos pela demanda criada pelo país em crescimento econômico, ocupam cargos onde há defasagem de mão de obra brasileira.

  • 2 milhões de estrangeiros vivem no Brasil/ TV Brasil

Com o fenômeno imigratório em ascensão, nesta reportagem é discutido como a  defasada lei brasileira cria empecilhos para a legalização dos imigrantes, especialmente para aqueles com menor grau de escolaridade, que chegam ao país para ocupar os cargos conhecidos como subempregos. Em comparação aos estrangeiros com maior tempo de estudos, que obtém facilidades legais a medida que conseguem um emprego formal em um prazo menor.

  • Brasil: a Fronteira da Esperança 

Devido a estabilização do real e ao crescimento econômico, um grande número de imigrantes tem sido atraído para o Brasil nos últimos 10 anos. Chegam ao país repletos de esperanças, buscando oportunidades, mas logo deparam-se com obstáculos para obtenção de visto e dificuldades para exercer os seus direitos. Sofrem preconceito e são acusados de roubar o emprego do trabalhador brasileiro. Nesta série, contam suas histórias de dificuldade e superação.

  • Imigrantes da Síria tentam vir para o Brasil

A comunidade de imigrantes sírios vivem em São Paulo. O número do pedido de refúgio de sírios para o Brasil aumentou em 40%. Com isso, a comunidade síria do Brasil se mobiliza para receber esses imigrantes aqui no Brasil. Veja mais sobre o assunto:

  • Imigrantes Haitianos no Brasil

Nos últimos dois anos mais de dois mil homens e mulheres e mulheres receberam autorização para tentar uma nova vida em solo brasileiro, maioria chega através da fronteira do Peru com o Amazonas. No início de 2012, o Ministério da Imigração juntamente com o Ministério regulamentou lei autorizando a entrada e permanência de haitianos no Brasil. Sobre o assunto o Conexão conversou com Sidney Antonio da Silva, Coordenador e Presidente do Grupo de Estudos Migratórios da Amazônia.

  • Imigrantes Colombianos no Brasil

Mais de oito mil colombianos vieram buscar uma vida melhor no Brasil. O vídeo apresenta histórias de famílias que se mudaram para o Brasil por diferentes motivos, como para fugir da violência do seu país ou simplesmente a trabalho – um país que veem como repleto de maiores oportunidades. Dificuldades com a língua diferente e com a burocracia é um aspecto citado como parte dessa experiência. Um estímulo à imigração entre Bolívia e Brasil foi assinado em agosto de 2012, não havendo mais a necessidade de provar vínculos com alguma instituição para imigrar para o outro país. Uma preocupação levantada foi o fato de haver muitos criminosos na Bolívia, que poderão, então, ter livre acesso ao nosso país. Veja mais no vídeo abaixo:

  • Estrangeiros Presos

O vídeo mostra um trailer de apresentação da segunda edição do Seminário sobre Presos Estrangeiros realizado pelo Conselho Nacional de Justiça.  O evento trata de temas como prisão, defesa e expulsão de presos estrangeiros, além de questões que envolvem o contato com a família e o país de origem. Estrangeiros dão pequenos depoimentos sobre a experiência que vivem ao serem presos em um país diferente dos seu, relatando sobre a saudade, o vazio, a estranheza e as dificuldades.

  • Conexão Futura em entrevista sobre os estrangeiros no Brasil

O Programa “Conexão Futura”, no canal Futura, recebeu Grover Calderón, presidente da Associação Nacional de Estrangeiros e Imigrantes no Brasil (ANEIB), e Leonel Pichenet, francês que se apaixonou pelo Brasil.

O bate-papo mostra que o Brasil está recebendo um número cada vez maior de estrangeiros, principalmente devido ao recesso dos países desenvolvidos – especialmente na Europa e EUA – e crescimento financeiro do Brasil.

Contudo, ao mesmo tempo em que há uma quantidade crescente de estrangeiros vindo para o Brasil, a demora e burocracia para concluir o processo de migração está maior. Os documentos e exigências para a regularização do estrangeiro estão dificultando mais a permanência no Brasil.

Veja no vídeo abaixo mais sobre o assunto:

  • Entrevista com o presidente do Instituto Nelson Mandela

Vídeo que mostra entrevista de Marcello Siciliano com José Calos Brasileiro,  presidente do Instituto Nelson Mandela, iniciativa que oferece emprego a ex-presidiários há vinte e um anos.

José Carlos já esteve preso e essa experiência colaborou para o fazer perceber como os presídios são locais que propiciam a exclusão e maior marginalização de quem lá está. Visando uma melhora no futuro de quem sai do cárcere, o Instituto é alvo de cartas de inúmeros ex-criminosos que desejam inclusão no mercado de trabalho após cumprirem sua pena.

Primeiro do Brasil e segundo do mundo a ser fundada dentro do sistema prisional, o Instituto Nelson Mandela colabora para formar uma sociedade melhor, em que todos tenham a oportunidade de se reabilitarem.

  • República Imigrante do Brasil / Superinteressante

Entre 2010 e 2011, quase 600 mil pessoas vieram morar no Brasil. Nunca tivemos tantos imigrantes por aqui desde 1890. Veja agora um panorama da imigração no país década a década. Este webdocumentário mostra histórias de estrangeiros que escolheram chamar o Brasil de lar.

  • Literatura e Cinema: muito além da adaptação / UFF

Maelys Meyer, mestranda da Universidade de Lyon e da UFF, escolheu fazer um documentário sobre imigrantes. Através de dez entrevistas com imigrantes que vivem no Rio e em São Paulo, interrogou o estatuto de estrangeiro. No Simpósio “Literatura e Cinema: muito além da adaptação” na UFF, a pesquisadora francesa afirmou que a maior dificuldade mencionada pelos imigrantes entrevistados foi em relação à língua.
“É bizarro quando chega a hora de abandonar tudo e a relevância das coisas se modifica. Nada mais obriga a agir de uma maneira predefinida. As ações alçam voo ao mesmo tempo que o avião AF444 transpassa o Oceano Atlântico. Tudo a construir, tudo a escolher”.

Veja aqui

  • Crece el número de peruanos y bolivianos en Brasil por el boom económico / CNN

A reportagem fala da vida de imigrantes latinos no Brasil, especificamente em São Paulo, e da melhoria nas condições econômicas e sociais para eles. É apresentado o caso de Edgar Villar, que viveu alguns anos trabalhando muito por baixos salários, mas agora tem seu próprio restaurante de comida peruana e consegue enviar cerca de 500 dólares a sua mãe que mora no Peru.

  • De braços nem tão abertos / FUTURA

O programa trata de desmistificar o Brasil como sendo uma nação que recebe os estrangeiros de braços abertos, já que muitos sofrem com a burocracia da Polícia Federal para conseguir o visto de permanência. A dificuldade que os imigrantes em situação irregular enfrentam para obter o documento brasileiro oficial é o principal assunto do programa. Mas ele também lança um olhar sobre outros desafios que os estrangeiros ainda enfrentam para consolidar a plena cidadania no país, como a conquista do direito ao voto.

  • Estrangeiros no Brasil / SBT

O programa traçou um retrato dos estrangeiros que estão em busca de oportunidades no Brasil. Além de contar histórias surpreendentes, como a de um casal de portugueses que caça talentos em São Paulo, além dos italianos que apostaram em uma pizzaria no país e de Lola Melnick, a russa que já tem o coração dos brasileiros e se tornou um verdadeiro sucesso na televisão.

Assista

  • Haitianos passam por processo de adaptação no Brasil / GLOBO NEWS

A reportagem mostra o modo como grupos de haitianos refugiados no Brasil estão vivendo, além de explicar o porquê de muitos deles terem ido embora do alojamento oferecido pelo governo na pequena cidade de Ibiporã, Paraná. A reportagem traz ainda uma entrevista com o secretário de direitos humanos Nilson Moura.

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/t/todos-os-videos/v/haitianos-passam-por-processo-de-adaptacao-no-brasil/1900198/

  • Brasil Japão – 100 anos de paixão / TV UNIP

Programa Opinião Livre com a participação de Milton Assumpção, um dos autores do livro Brasil Japão- 100 anos de paixão. A obra traz uma série de depoimentos sobre imigrantes japoneses que ajudaram na construção do Brasil e de brasileiros que tiveram a influência da cultura japonesa em suas vidas. O autor comenta de onde surgiu a ideia para o livro, o porquê de fazer a homenagem ao país, além de contar brevemente o histórico da imigração e alguns casos que ilustram seu livro.

  • Laços nipobrasileiros / PAINEL BRASIL TV

Programa Painel Dekassegui exibe uma entrevista feita com Padre Evaristo Higa no Festival Salesiano, evento que uniu a comunidade latina, inclusive a brasileira, residente no Japão. O Padre contou sobre seu trabalho comunitário realizado com brasileiros e japoneses. Além disso, o programa apresenta uma entrevista com Yuri Sanada, diretor que produziu “Mundo Nikkei”, um documentário sobre o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, e sobre uma comunidade brasileira que vive no Japão moderno.

http://www.painelbrasiltv.com.br/novo/Entrevistas/index.asp?Programa=7&Entrevista=703&TipoVideo=1

  • Coração iraniano verde-amarelo / UFMGTube

Entrevista com a imigrante iraniana Nasrin Haddad Battaglia onde conta a história de sua vinda para o Brasil. O vídeo mostra um breve histórico do Irã, além de falar sobre as etnias, língua oficial, religião, características do povo, vestimentas obrigatórias para mulheres e bazares tradicionais. Nasrin conta porque deixou seu país, suas experiências profissionais no Irã e no Brasil, a adaptação no Rio de Janeiro, a fixação de residência em Paraty RJ, a mudança para Belo Horizonte e adaptação à cultura brasileira no geral.

http://www.ufmg.br/proex/cpinfo/ufmgtube/videos/imigracao-iraniana/

  • “Nunca senti muita saudade da Alemanha” / UFMGTube

Entrevista com o imigrante alemão Georg Otte. O entrevistado conta a história de sua imigração para o Brasil e de como é sua vida longe de casa. Fala de sua profissão atual , época da imigração, região onde nasceu, a cidade onde estudou , circunstâncias da vinda ao Brasil, motivação para a viagem, imagem errônea do povo brasileiro na mídia alemã, adaptação em Minas Gerais e da adaptação à alimentação brasileira e à cidade de Belo Horizonte.

http://www.ufmg.br/proex/cpinfo/ufmgtube/videos/imigracao-alema/

  • A solidão longe de Senegal / UFMGTube

Entrevista com o imigrante senegalense Makha Colybali. O entrevistado fala sobre seu país de origem e o estilo de vida que levava em Dakar/Senegal, sua formação acadêmica, o PEC-G e sua vinda para o Brasil como estudante, a assimilação e adaptação à cultura e alimentação brasileiras e a comunidade africana em Belo Horizonte.

http://www.ufmg.br/proex/cpinfo/ufmgtube/videos/imigracao-senegalense/

  • Um italiano em BH / UFMGTube

O imigrante italiano Silvano Valentino descreve o lugar onde nasceu e viveu na Itália, sua experiência profissional na indústria de Turim, o convite para vir trabalhar no Brasil e suas primeiras impressões. Surpreendeu-se com as montanhas de Belo Horizonte, a luminosidade da cidade e as características das moradias brasileiras.

http://www.ufmg.br/proex/cpinfo/ufmgtube/videos/imigracao-italiana/

  • 130 anos de imigração libanesa no Brasil / TV CULTURA

A matéria traz a história de dois libaneses e um descendente: o Sr. Emile Azkoul, Georges Abboud e Luiz Carlos Assaf. Também é apresentado um breve histórico do Líbano e da imigração libanesa no Brasil e a forma de comércio mais popular entre eles: os armarinhos.

http://6anopaesleme2011.blogspot.com.br/2011/10/130-anos-de-imigracao-libanesa-no.html

  • Um congolês num país de imigrantes / ESCOLA PARQUE

O documentário traz um breve panorama geral das imigrações no Brasil, começando por 1530 com a imigração portuguesa. A partir do século XIX, a imigração europeia se massificou e no vídeo são especificadas as atividades em que cada grupo de imigrantes se destacava. A parte de destaque é a entrevista feita com Richard, um congolês que mora no Brasil. Ele conta sobre sua vida no Congo, a vinda para o Brasil, as surpresas, os preconceitos e as adversidades encontradas.

  • O sucesso profissional dos estrangeiros no Brasil / BAND NEWS

A matéria mostra a história de três imigrantes que conseguiram enriquecer no Brasil. O americano Michael Raymond que recicla óleo vegetal para a produção de biocombustível, o argentino Victor Hugo, dono de uma cafeteria que é polo de distribuição de tortas, doces e salgados e o suíço Filip Landre que vende passeios de dromedário na praia de Geripabu.

http://mais.uol.com.br/view/99at89ajv6h1/bolivianos-formam-maior-colonia-de-novos-imigrantes-no-pais-0402193268CC811327?types=A

  • Bolivianos explorados encontram lazer em jogos de futebol / SPORTV

A série de vídeos é uma reportagem feita pelo Sportv Repórter e denuncia a exploração de imigrantes bolivianos como escravos no Brasil e na Argentina. O primeiro bloco é focado nos depoimentos de duas imigrantes, que narram suas histórias sofridas. A seguir, o repórter vai à Bolívia, para investigar como acontece a vinda clandestina para o Brasil, e à Argentina para apurar a vida dos bolivianos que passam pela mesma situação que os que vêm para cá. Além do mais, o programa foca na única brecha de vida normal a que esses imigrantes escravos têm direito: jogar uma partida de futebol no domingo como parte de uma liga organizada pelos próprios imigrantes.

http://www.youtube.com/watch?v=ktGvfo040-8&feature=channel&list=UL

http://www.youtube.com/watch?v=hd4FISmSUeA&feature=channel&list=UL

http://www.youtube.com/watch?v=BFk9D6BMfsM&feature=channel&list=UL

  • Imigrantes ilegais mantidos em condições desumanas no Porto de Paranaguá / BAND

O vídeo mostra filmagens do local precário em que um grupo de nove nigerianos está vivendo. Eles vieram escondidos em um navio e seu desembarque não foi permitido. Estão sendo mantidos em condições sub-humanas, sem comida ou locais adequados para fazer as necessidades. Um vigia, emocionado e revoltado com a situação, conta que um deles chegou a chorar na sua frente.

Veja

  • Vozes dos Novos Imigrantes  Congoleses no Rio de Janeiro / Rádio Nederland

1. O áudio é da Rádio Nederland, que acompanhou um culto de uma Igreja Pentecostal Congolesa. Além de dados sobre os cultos, é também apresentado um histórico sobre a imigração congolesa, a formação da comunidade no Rio, as dificuldades enfrentadas, as profissões escolhidas e os lugares onde moram. Alguns congoleses são entrevistados e contam o que estão fazendo, como chegaram aqui e como é a vida no Brasil. O depoimento de pesquisadores, advogados e estudiosos também é tomado para enriquecer a matéria.

Ouça aqui

2. O sonho de construir um futuro melhor em um país que está crescendo economicamente e que sedia dois dos eventos esportivos mais importantes do mundo atrai muitos estrangeiros ao Brasil.

Para fugir da crise, muitos europeus e norte-americanos buscam oportunidades de trabalho no Brasil. Com boa formação e qualificação profissional, a maior parte deles ocupa posições de liderança nas multinacionais presentes no país.

Os estrangeiros provenientes de países em desenvolvimento, em especial da América Latina e África, também possuem o mesmo sonho. Mas se não possuem formação superior nem falam o português, disputam uma vaga no mercado informal, da construção civil ou de outras categorias mal remuneradas com outros brasileiros. O Brasil está preparado para receber esses imigrantes?

Ouça o segundo episódio da série

  • Política migratória para haitianos / RADIO NACIONAL

  • Brasil quer modernizar legislação para garantir direitos de migrantes / Ministério da Justiça

É necessário atualizar a lei que define as regras para a entrada e permanência de estrangeiros no pais, uma norma em vigor há mais de 30 anos. Esse é o entendimento dos participantes do seminário “O Direito dos Migrantes no Brasil”,  (16 a 18/05/2012), no Rio de Janeiro.

No encontro, representantes dos três órgãos que lidam com a migração no Brasil (Ministérios da Justiça, das Relações Exteriores e do Trabalho, por meio do Conselho Nacional de Imigração) defenderam que é preciso uma nova lei, que reconheça os direitos dos migrantes, desburocratize processos de concessão de vistos e incentive medidas do Estado para a integração social do estrangeiro.

“Trata-se de uma legislação escrita no período da Ditadura, em um contexto autoritário, sob uma lógica repressiva, sem a noção democrática que temos hoje”, explicou o secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão.

“Precisamos afirmar e reafirmar a tradição do Brasil em receber pessoas. Somos um país aberto, receptivo, uma nação que se tornou o que é hoje em razão do importante papel que o imigrante cumpriu no passado e que muitos migrantes brasileiros também cumpriram lá fora”, defendeu.

Confira outras considerações do secretário Paulo Abrão neste áudio



Categorias:publicações

%d blogueiros gostam disto: