MENTIR PARA SOBREVIVER

Estrangeiros presos com passaporte falso em Fortaleza pedem refúgio.

Sete homens presos com passaportes falsos na última segunda-feira (22/06) no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, solicitaram refúgio no Brasil. Segundo a Superintendência da Polícia Federal (PF) no Ceará, eles alegam que são sírios e que fugiram para não ser recrutados pelo governo da Síria, nem pelo Estado Islâmico.

“Eles têm interesse em ficar no Brasil porque o país garante a segurança deles. São todos jovens, a maioria tem 21, 22 anos e não queriam ser recrutados pelo governo sírio nem pelo Estado Islâmico”, disse a delegada Alexsandra Medeira. Segundo ela, a PF está providenciando o encaminhamento do pedido ao Comitê Nacional para Refugiados (Conare), em Brasília.

Os passaportes falsos são israelense e, segundo o grupo, foram obtidos na Turquia, onde eles tiraram visto de entrada para o Brasil. Eles estão presos na Polícia Federal e respondem pelo crime de uso de documento falso.

De acordo com Alexsandra, caberá à Justiça suspender o inquérito policial, conforme a tramitação do processo de pedido de refúgio. “A Justiça deverá decidir se, por conta da solicitação de refúgio, suspende o inquérito. O Conare pode usar as informações da investigação em seu processo, mas a acusação criminal e o pedido de refúgio são coisas diferentes.”

Edwirges Nogueira

(EBC – 24/06/2015)



Categorias:refugiados

%d blogueiros gostam disto: