IMIGRANTES IRREGULARES DELATADOS EM RS

O jornal gaúcho Zero Hora informa que A Polícia Federal de Uruguaiana notificou na madrugada de segunda-feira (27/08/2012) três chineses que estavam de forma irregular no Brasil, e ordenou que deixem o país. O caso está sendo investigado na tentativa de identificar se foram auxiliados por coiotes. Os agentes chegaram aos imigrantes ilegais através de uma denúncia anônima. Três chineses estavam hospedados em uma pousada da cidade do sul do Estado, na fronteira com a Argentina.

A PF destacou, todavia, que os homens tinham Visto, mas não tinham o registro de entrada no Brasil. Falando em mandarim e com dificuldades de comunicação em outras línguas, os imigrantes preferiram silenciar sobre a forma como ingressaram no território brasileiro.

– Podem ter passado por fronteira seca ou mesmo via aérea através de alguma escala em voo para países árabes, e talvez o Brasil não fosse o destino final, salienta o agente da Polícia Federal Daniel Teixeira.

Notificados a deixar o país em três dias, os chineses precisam fazer isto com recursos próprios. A Polícia Federal não tem como fiscalizar se a medida foi realmente tomada pelos imigrantes ilegais, mas se forem pegos no país após o prazo de três dias, podem ser deportados. Agora devem ser feitas investigações para tentar identificar se os chineses foram auxiliados por coiotes a passar a fronteira brasileira.

O “crime”, segundo o jornal, tem se tornado comum no sul do Estado, e vários casos foram registrados desde o mês de julho, quando foram notificados cinco senegalenses, quatro chineses, dois argentinos, um nigeriano, um sul-africano e um peruano. Já entre os que não puderam ingressar no país, estão 14 colombianos, cinco equatorianos, quatro haitianos, dois senegaleses, um australiano e um mexicano.

No início de agosto, três senegaleses em situação irregular foram encontrados na Estação Rodoviária de Uruguaiana, perto da fronteira com a Argentina, e 13 chineses em situação ilegal e um “coiote” foram identificados em Itaqui. No dia 21 de agosto, 13 chineses foram detidos em Uruguaiana e dois coiotes, um deles paraguaio e outro um taxista argentino foram presos por ocultação de estrangeiros clandestinos e formação de quadrilha.



Categorias:imigrantes

Tags:

%d blogueiros gostam disto: