EXCLUSIVO: OS NÚMEROS EXATOS E ATUALIZADOS DE ESTRANGEIROS NO BRASIL.

O número de imigrantes no mundo frisa os 250 milhões de imigrantes. Dos quais, menos de 01 milhão se encontram no Brasil.

Segundo os dados mais recentes fornecidos pela Polícia Federal (PF) ao oestrangeiro.org, o Brasil abriga atualmente cerca de 940 mil imigrantes permanentes. Menos de 0,4% da população migrante do planeta.

Os dados, aqui apresentados em primeira mão, são mais atuais e exatos que os divulgados pela grande mídia e pelo Ministério do Trabalho (MTE).

De um lado, porque, dizem respeito apenas ao número de vistos permanentes, ou seja, traduzem o verdadeiro estado de imigração. E, por outro lado, abrangem todas as categorias de Visto Permanente e motivos para a sua outorga, tais como casamento com conjugue brasileiro(a), paternidade, etc..

Os principais países de origem da população imigrante no Brasil são:

Portugal, com 277.727.

Japão, com 91.042.

Itália, com 73.126.

Espanha, com 59.985.

Os países do Mercosul Ampliado, beneficiados pelo Acordo de Residência e Livre Trânsito, por sua parte, constituem mais de um quinto da soma dos imigrantes estabelecidos no Brasil. Um total de 237.318.

Os principais representantes são:

Bolívia, com 50.240.

Argentina, com 42.202.

O número de 940 mil pode impressionar, no entanto, se considerarmos que o Brasil é o quinto pais mais populoso do mundo, com 200 milhões de habitantes, percebemos que não somos tão atrativos como acostumamos repetir complacentemente a nós mesmos.

Assim, as declarações da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), que ambiciona atrair 06 milhões de imigrantes nos próximos anos, parece, no mínimo, irreais.

Tímido avanço em 2012

Há de reconhecer, todavia, que um tímido progresso está ocorrendo. Segundo os números também comunicados em primeira mão pelo Itamaraty (MRE) ao oestrangeiro.org , o número de vistos permanentes emitidos em 2012 chega a 9.359.

Surpreendentemente, a distribuição por país de origem dos imigrantes se apresenta do modo seguinte:

Haiti chega em 1°. lugar com 1.405 pessoas. Superando até mesmo o país com maior presença no Brasil – Portugal que recebeu exatos 1.404 vistos permanentes no mesmo período.

Porém, há de ponderar o número significativo da imigração haitiana pra Brasil, lembrando que ela não passa de 6.000 pessoas. Cerca de 0,6% do total de 940.000 estrangeiros beneficiados pelo Visto Permanente.

Outro número inesperado é o dos vistos permanentes obtidos por cidadãos estadunidenses em 2012, que chega a 707.

Menos surpreendente é o número de chineses que obtiveram o visto permanente também em 2012: 893. Número insignificante e considerarmos o vigor excepcional da emigração chinesa pelo mundo.

Mas, ainda assim, é interessante observar que Estados-Unidos e China superaram, em representação, países com tradição migratória mais forte rumo ao Brasil, tais como Itália, com 32 e Japão com 609 no mesmo ano.

Refugiados

A baixa participação do país no panorama migratório mundial também se confere com os refugiados. O Brasil, segunda as agências da ONU, abriga atualmente 4.690 refugiados de um total mundial de 15 milhões. Ou seja, uma proporção de 0,03% da população refugiada no mundo.

Além disso, conforme analisamos num artigo anterior, o número de refugiados em 2012 caiu de 31% com relação a 2010. Passando de 4.300 a menos de 3.000.

 

Rodrigo Lima

TABELAS DETALHADAS

Número de imigrantes no Brasil até 2012 – por país

Número de vistos permanente emitidos em 2012 – por país

————–

Os dados apresentados na matéria foram obtidos através de requerimentos feitos pelo e-Sic (sistema de informação ao cidadão), tendo os números de 2012 sidos requeridos ao Itamaraty e os números totais requeridos à Polícia Federal.



Categorias:análises

%d blogueiros gostam disto: