VESTIBULAR, PÓS-GRADUAÇÃO E BOLSAS DE ESTUDO

  • Estão abertas até o dia 27 de setembro as inscrições do processo seletivo para candidatos refugiados nos cursos de graduação presenciais ofertados pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
  • Programa de bolsas abre inscrições em mestrado para alunos estrangeiros. Estudantes podem se inscrever até 8 de outubro.
  • Mestrado en Desenvolvimento Comunitário da UNICENTRO seleciona candidatos estrangeiros. As inscrições devem ser feitas até o 25 de setembro. 

VESTIBULAR PARA REFUGIADOS NA UFSCAR

Estão abertas até o dia 27 de setembro as inscrições do processo seletivo para candidatos refugiados nos cursos de graduação presenciais ofertados pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Nesta, que é a sexta edição consecutiva desse processo seletivo específico, poderão ser preenchidas, no mínimo, uma vaga em cada uma das 58 opções de cursos de graduação presenciais ofertados nos três campus da Universidade, localizados nas cidades de São Carlos, Araras e Sorocaba, no interior paulista.

Para fazer a inscrição, é necessário que o candidato comprove a condição de refúgio, por meio de declaração emitida pelo Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), órgão colegiado vinculado ao Ministério da Justiça.

A documentação completa exigida no edital do processo seletivo e deve ser enviada pelos Correios para a Pró-Reitoria de Graduação(ProGrad) da UFSCar.

No dia 14 de outubro, será divulgada a relação de candidatos que tiveram suas inscrições aceitas, com indicação dos respectivos cursos e data e horário em que deverão comparecer à Universidade para realização das provas do processo de seleção.

A realização de processo seletivo específico para ingresso na UFSCar de pessoas em situação de refúgio foi implementada a partir do que prevê o Estatuto dos Refugiados, Lei 9474/97 e também a Portaria GR nº 941/08.

Mais informações podem ser obtidas com a Coordenadoria de Vestibular (Covest) da UFSCar, pelo telefone (16) 3351-8152 ou pelo e-mail covest@ufscar.br

BOLSAS DE ESTUDO PARA ESTRANGEIROS: PEC-PG ABRE INSCRIÇÕES

Programa de bolsas abre inscrições em mestrado para alunos estrangeiros. Estudantes podem se inscrever até 8 de outubro e R$ 3,6 milhões foram disponibilizados a ação. As inscrições podem ser efetuadas até o dia 8 de outubro pelo site do CNPq.

O Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG) abriu inscrições para estudantes estrangeiros que queiram fazer mestrado no Brasil. O programa concede bolsas a cidadãos de países conveniados em instituições de ensino superior, públicas ou privadas, em qualquer área acadêmica.

O principal objetivo do programa é fornecer a capacitação necessária para que o estudante possa contribuir com o desenvolvimento do seu país. O benefício é concedido durante 24 meses – cerca de 100 serão financiadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), que administra o programa com o Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores (MRE) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC).

As inscrições podem ser efetuadas até o dia 8 de outubro pelo site do CNPq. A Chamada Pública deverá priorizar os países que apresentem candidatos no âmbito dos programas nacionais de desenvolvimento socioeconômico. Cerca de R$ 3,6 milhões foram disponibilizados para esta ação.

O Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG) dá auxílio igual ao concedido por agências financiadoras a bolsistas brasileiros no Brasil. Também é fornecida, pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), passagem aérea de retorno ao país de origem após a conclusão dos estudos. O aluno deve ser capaz de arcar com suas despesas enquanto estiver cursando mestrado ou doutorado em instituições brasileiras.

Se o estudante já tiver participado do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) – que, como o nome diz, é voltado para a graduação -, ele não pode solicitar bolsa do PEC-PG assim que se formar. É preciso permanecer no país de origem por no mínimo dois anos após a obtenção do diploma brasileiro de graduação. Isso porque uma das propostas do PEC-G é que o estrangeiro retorne à sua terra natal para colocar em prática o que aprendeu no Brasil e, assim, contribuir para o desenvolvimento de seu país.

O candidato se inscreve pela internet, mas deve apresentar a documentação exigida à embaixada do Brasil em seu país. Esse requisito é válido mesmo se o interessado residir em outro local – os documentos podem ser enviados via correio tradicional.

A seleção de bolsistas leva em conta a qualidade do projeto apresentado, o histórico do candidato, a adequação do projeto à instituição de ensino em que o estrangeiro deseja desenvolver seu trabalho e se essa instituição tem nota superior a 5 na avaliação da Capes. No entanto, às vezes o candidato pode ser aprovado mesmo se a nota estiver abaixo do ideal, caso o projeto apresentado seja específico de uma área que carece de demanda ou o candidato tenha muitas qualidades e bom histórico, por exemplo.

Após o processo seletivo, a lista de aprovados é publicada no site da Capes, no do CNPq e no do Ministério das Relações Exteriores, na Divisão de Temas Educacionais (DCE/MRE).

Países conveniados

Os países com os quais o Brasil tem acordo para a chamada são:

África do Sul Angola, Antígua e Barbuda, Argentina, Argélia, Benin, Barbados, Bolívia, Cabo Verde, Camarões, Chile, Colômbia, China, Costa do Marfim, Costa Rica, Cuba, Egito, Gabão, El Salvador, Equador, Gana, Líbano, Guatemala, Guiana, Índia, Marrocos, Haiti, Honduras, Mali, Namíbia, Jamaica, México, Moçambique, Paquistão, Nicarágua, Panamá, Nigéria, República Democrática do Congo, Paraguai, Peru, Quênia, São Tomé e Príncipe, República Dominicana, Suriname, República do Congo, Síria, Trinidad e Tobago, Uruguai, Senegal, Tanzânia, Venezuela, Tailândia, Togo, Timor Leste e Tunísia.

UNICENTRO SELECIONA CANDIDATOS ESTRANGEIROS PARA MESTRADO

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar stricto sensu em Desenvolvimento Comunitário, em nível de Mestrado, da Universidade Estadual do Centro-Oeste (PR),UNICENTRO, abre inscrições para a realização do Processo Seletivo de alunos regulares estrangeiros para o ano letivo de 2014.

Serão aceitas as inscrições enviadas até o dia 25/09/2013.

Os candidatos devem ser cidadãos dos países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém Acordo de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia, conforme listagem constante do item II.6 da Chamada CNPq nº 025/2013.

Veja o edital



Categorias:estudantes

%d blogueiros gostam disto: