REFÚGIO DE PAZ

Brasil e Uruguai pedirão a países latino-americanos que recebam refugiados.

Brasil e Uruguai vão pedir aos países da América Latina que recebam refugiados de países em conflitos armados, afirmou nesta quinta-feira o chanceler uruguaio Luis Almagro ao receber 42 deslocados sírios em Montevidéu como parte de um plano de reassentamento sem precedentes na região.

Almagro informou que a proposta será formalizada durante uma conferência regional sobre migração programada para 2 e 3 de dezembro no Brasil.

“Nesta ocasião, os dois países, Uruguai e Brasil, vão trabalhar para que outros países do continente recebam os refugiados em situações de crises humanitárias ou conflitos armados”, disse o ministro das Relações Exteriores.

“Que este refúgio de paz e tranquilidade que é a América Latina hoje possa servir como uma importante referência aos refugiados que vivem em situações extremas de crise humanitária”, acrescentou.

O Uruguai recebeu quinta-feira  (09/10/2014) cinco famílias de 42 refugiados sírios que chegaram ao país por meio de um programa promovido pelo presidente José Mujica – que prevê receber mais 80 em fevereiro de 2015.

Mujica, que visitou os refugiados nesta quinta-feira, afirmou que também defenderá esta proposta quando o Uruguai assumir a presidência rotativa da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) na próxima cúpula do bloco, com data a ser definida.

“Vamos fazer um pedido a todos da América Latina para que, na medida de suas capacidades, façam um esforço”, disse ele.

“Não podemos evitar a guerra. O que podemos fazer é tentar mitigar seus efeitos, especialmente sobre as crianças”, ressaltou.

Enquanto o Uruguai é o primeiro país da região a implementar um plano de reassentamento do tipo, que envolve assistência às famílias por dois anos, outros países do subcontinente têm facilitado a chegada de sírios.

Este é o caso do Brasil, que no ano passado aprovou um programa de concessão de vistos especiais para as pessoas afetadas pelo conflito na Síria. Mais de 1.200 vistos do tipo já foram entregues.

(Diário de Pernambuco – 09/10/2014)



Categorias:refugiados

%d blogueiros gostam disto: