BRASÍLIA: Importantes nomes e grupos debatendo imigração e refúgio

Amanhã (12/06) começa o ‘Seminário Internacional de Migrações e Refúgio: Caminhos para a Cultura do Encontro’, em Brasília/DF. O evento é promovido por diversas instituições ligadas à Igreja Católica, como a Missão Paz, o Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios, o Instituto de Migrações e Direitos Humanos, a Cáritas, entre outras.

seminario brasília junho

Fonte: Cáritas Brasileira

Inspirado pelo tema da ‘cultura do encontro’, defendido pelo Papa Francisco, o Seminário Internacional unirá diversos setores sociais que defendem uma política migratória menos discriminatória, que valorize o ser humano e construa menos muros e mais pontes, como tem afirmado o Pontífice. Representantes do governo brasileiro, religiosos, pesquisadores, organismos regionais e internacionais farão parte da programação, que você pode ver no fim desta matéria.

Segundo a Cáritas Brasileira, “o objetivo do Seminário é refletir sobre a realidade das pessoas migrantes e refugiadas, na perspectiva global e local, para assim oportunizar a criação e fortalecimento de redes de organizações das Igrejas, denominações religiosas, sociedade civil e governo que atuam junto aos migrantes a refugiados. O Seminário se propõe a mobilizar as forças existentes na direção do que o papa Francisco afirma como ações necessárias na garantia dos direitos e da dignidade das pessoas em situação de migração e refúgio: acolher, proteger, promover e integrar”.

Destaca-se também a participação de grupos de imigrantes e refugiados. Em especial, aqui no oestrangeiro.org damos destaque à participação do Coletivo La Clandestina e Coletivo Colombianxs pela Paz, que serão representados pela Prof. Dra. Catalina Revollo Pardo, membro deste projeto.

Depois de três extensos dias, o seminário apresentará uma carta como produto final.

 

Seminário Internacional de Migrações e Refúgio

‘Caminhos para a Cultura do Encontro’

PROGRAMAÇÃO

12 de Junho
10h00 Acolhida e Credenciamento
11h00 Coletiva de imprensa
Participantes:
– Cáritas Internacional: Cardeal Antonio Tagle, arcebispo de Manila e presidente da
Cáritas Internacional.
– Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB): Dom Leonardo Ulrich Steiner,
Bispo Auxiliar de Brasília e Secretário Geral da CNBB.
– Cáritas Brasileira: Dom João José da Costa, arcebispo de Aracajú e presidente da
Cáritas Brasileira.
– Myria Tokmaji, formada em Comunicação Visual e Design Gráfico, refugiada da Síria no Brasil desde 2013.
– Carmem Lussi, assessora do CSEM – Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios,
representando as entidades parceiras na realização do Seminário.
12h00 Almoço
14h00 Celebração de Boas Vindas (Equipe de espiritualidade e Grupo Cultural Abaecatu)
15h00 Solenidade de Abertura com as seguintes representações:
– Cáritas Internacional: Cardeal Antonio Tagle, arcebi
– Mayra Alejandra Figuera de Ortiz: migrante da Venezuela
– Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR): Isabel Marquez
– Organização Internacional para as Migrações (OIM): Stéphane Rostiaux
– Ministério da Justiça/ Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE): Luiz Pontel de Souza
– Ministério Público do Trabalho (MPT): Cristiane Maria Sbalqueiro Lopes
– Representante das entidades realizadoras do Seminário: Irmã Marlene Wildner (Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios -CSEM).
16h00 Intervalo
16h30 Conferência com o Cardeal Antonio Tagle, arcebispo de Manila e presidente da Cáritas Internacional.
Tema: Cultura do Encontro diante dos desafios da mobilidade humana internacional.
17h15 Debate
18h00 Abertura da Feira Cultura do Encontro
– Apresentação do Grupo Cultural Abaecatu
– Lançamento do livro Migrações, refúgio e comunidade cristã: Reflexões pastorais para a formação de agentes. Carmem Lussi e Roberto Marinucci (Orgs.). Coedição Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios e Editora Paulus.
– Lançamento do Projeto Compartilhe a Viagem: Os regionais da Cáritas Brasileira, junto com as entidades e organizações parceiras, vão receber uma mala com a missão de reunir histórias de migrantes e refugiados em todo o país. O fruto dessa jornada será uma publicação que integra as ações no Brasil da Campanha Mundial Compartilhe a Viagem.
19h30 Jantar

13 de Junho
8h30 Momento de mística e Cultura (Equipe de espiritualidade e Grupo Cultural
Abaecatu)
9h00 Painel: Aprendendo com os espaços de resistências e protagonismo dos migrantes e refugiados.
Participantes:
Phanel Georges: Associação dos Haitianos (MG)
Alberto Imbunde: Estudantes Africanos (CE)
Ualiid Hussein Ali Mohd Rabah: Federação Árabe Palestina do Brasil
Catalina Revollo Pardo: Coletivo La Clandestina e Coletivo Colombianxs pela Paz
Massar Sarr: Comunidade Senegalesa
10h40 Intervalo
11h00 Rodas de encontros com os painelistas
12h15 Almoço
13h50 Momento Cultural – Grupo Cultural Abaecatu
14h00 Painel: Migrações e Refúgio: um olhar dos Organismos Internacionais e Governos.
Participantes:
-Maria Beatriz Nogueira, Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR).
– Stéphane Rostiaux, Organização Internacional para as Migrações (OIM).
– Luiz Pontel de Souza, Ministério da Justiça/Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE).
– Martina Liebsch – Cáritas Internacional.
– Alexandre Peña Ghisleni – Diretor do Departamento de Direitos Humanos e Temas Sociais – Ministério das Relações Exteriores.
15h40 Debate e orientação para trabalhos em grupos
16h20 Intervalo
16h30 Tenda do encontro
Tema: Nova Lei de Migração, com Angélica Furquim (Cáritas Regional Paraná) e Adriano de Almeida Machado Pistorelo (Centro de Atendimento ao Migrante -RS).
Tema: Protagonismo e empoderamento das Mulheres, com Viviana Peña (Instituto de Migrações e Direitos Humanos -IMDH) e Priscilla Marinho (Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados -SJMR).
Tema: Mídia e migrações, com Denise Cogo (Professora Titular do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM) e Miguel Angel Ahumada (Programa Latinoamérica no ar, Rádio 9 de Julho e Rádio Migrantes da Missão Paz).
Tema: Práticas de Acolhida, Atendimento e Integração, com William Torres Laureano da Rosa (Cáritas Arquidiocesana de São Paulo) e Débora Marques Alves (Cáritas Arquidiocesana de Rio de Janeiro).
Tema: Vulnerabilidade de Crianças, Adolescentes e Jovens, com Karla Ellwein (Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro) e Patrícia Nabuco Martuscelli (Pós-doutoranda em Ciências Políticas pela Universidade de São Paulo).
Tema: Intolerância que gera violência e xenofobia, com Roberto Marinucci (CSEM) e Melanie Montinard (Associação Mawon).
Tema: Trabalho e geração de renda, com Fernando Damázio (Instituto de Migrações e Direitos Humanos – IMDH) e Missão Paz.
19h30 Sabores do povo: Migr’Arte, experiência gastronômica compartilhada

14 de Junho
8h30 Mesa Partilhada: Diálogo Intercultural e Inter-religioso, com a pastora
luterana Romi Bencke e padre Joachim Andrade
9h40 Painel: A crise humanitária no mundo e as práticas de solidariedade
Participantes:
Irmã Maria José Gonzalez – Cáritas Venezuela
Lina Cecilia Peña Tavera – Cáritas Colômbia
Irmã Ludmila Garcia – Cáritas Honduras
Eugênio Fonseca – Cáritas Portugal
10h45 Intervalo
11h15 Grupos de reflexão a partir das ações propostas pelo papa Francisco: Acolher, Proteger, Promover, Integrar
12h30 Almoço
13h50 Momento Cultural – Grupo Cultural Abaecatu
14h00 Assinatura de parceria: projetos com a Fundação Banco do Brasil para atuação com migrantes e refugiados
14h15 Apresentação dos grupos: Acolher, Proteger, Promover, Integrar
14h45 Contribuições dos/as observadores/as sobre a Cultura do Encontro com Carmem Lussi (CSEM), Martina Liebsch (Cáritas Internacional), Salihu Larry (Comunidade de Ganenses de Criciúma – Cogagri)
16h00 Leitura da carta e envio

Otávio Ávila



Categorias:Eventos, imigrantes, refugiados

%d blogueiros gostam disto: