Migração e escravidão. Como os conceitos se aproximam?

13 de maio. abolição da escravatura no Brasil.

Vale lembrar: os africanos escravizados não vieram ao país como imigrantes ou refugiados. Vieram sequestrados, sem opção de escolha pela força bruta da colonização.

Já hoje, os conceitos se aproximam.

workers

Crédito: UNHR

Tendo em vista tal aproximação, o grupo Deslocar, coordenado pela Prof. Dra. Denise Cogo, do PPGCOM/ESPM, convidou ontem (12/05) em um bate-papo online o Prof. Dr. Angelo Martins Júnior, cuja pesquisa atual está concentrada na “escravidão moderna” ou como ele chama, “modern marronage“, aproximando ao conceito utilizado pelos estudiosos da diáspora haitiana, por exemplo. Diferente da escravidão histórica e transatlântica, a de hoje não é forçada em seu sentido literal e ilumina a dupla condição dos imigrantes e refugiados na atualidade: a de vítimas dos abusos inescrupulosos sobre mão-de-obra humana e/ou de criminosos, ao tentarem de todo custo o ingresso ao país da promessa de emprego.

Essa é a dica para este dia. As pesquisas do Dr. Angelo estão alocadas na School of Sociology, Politics & International Studies da University of Bristol e podem ser conhecidas aqui.

 

Otávio Avila
Pesquisador do Diaspotics/UFRJ e editor do estrangeiro.org



Categorias:análises, diásporas, imigrantes, refugiados

Tags:, , , , ,

%d blogueiros gostam disto: