PEC-G SELECIONA 570 ESTUDANTES ESTRANGEIROS

Universidades se preparam para receber estudantes estrangeiros.

Os 570 estrangeiros selecionados pelo Programa Estudante-Convênio de Graduação (PEC-G) para estudar em instituições de ensino superior brasileiras devem procurar as universidades onde conseguiram a vaga para verificar as datas de matrícula e o início das aulas. Os estudantes provêm da África, América Latina e Caribe e de países asiáticos.

A maior parte dos estrangeiros que conseguiram vagas em universidades públicas e particulares vem de países africanos. Das nações desse continente que tiveram estudantes selecionados estão em destaque Cabo Verde, com 103, Benin (73), Angola (59), Gana (26) e São Tomé e Príncipe (19). Com a participação de jovens de 14 países, a América de língua espanhola está em segundo lugar quanto ao número de alunos. Os hondurenhos conseguiram 35 vagas, seguidos de paraguaios (18), peruanos (16), colombianos (12) e equatorianos (11). Da Ásia, foram selecionados dois estudantes do Paquistão, um da Tailândia e um do Timor Leste.

Desenvolvido pelos ministérios da Educação e das Relações Exteriores, em parceria com 96 instituições federais, estaduais e particulares, o PEC-G oferece oportunidade de formação superior a jovens na faixa de 18 a 23 anos de idade, vindos de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantenha acordos educacionais e culturais. Em 2014, o programa completa 50 anos e a estimativa é de que tenha atendido, nesse período, 15 mil jovens.

A graduação para o estudante do PEC-G é gratuita, mas ele deve custear suas despesas com moradia, transporte e alimentação durante o período que permanecer no Brasil. Exceto os selecionados de nações da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), os demais devem apresentar o certificado Celpe-Bras para ingressar na faculdade. O aluno que não tem o Celpe-Bras pode estudar Língua Portuguesa na instituição onde foi selecionado para fazer a graduação, e prestar o exame. Reprovados no Celpe-Bras perdem a vaga na graduação.

PEC-G

O Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) oferece oportunidades de formação superior a cidadãos de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordos educacionais e culturais. Desenvolvido pelos ministérios das Relações Exteriores e da Educação, em parceria com universidades públicas – federais e estaduais – e particulares, o PEC-G seleciona estrangeiros, entre 18 e preferencialmente até 23 anos, com ensino médio completo, para realizar estudos de graduação no país.

O aluno estrangeiro selecionado cursa gratuitamente a graduação. Em contrapartida, deve atender a alguns critérios; entre eles, provar que é capaz de custear suas despesas no Brasil, ter certificado de conclusão do ensino médio ou curso equivalente e proficiência em língua portuguesa, no caso dos alunos de nações fora da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

São selecionadas preferencialmente pessoas inseridas em programas de desenvolvimento socioeconômico, acordados entre o Brasil e seus países de origem. Os acordos determinam a adoção pelo aluno do compromisso de regressar ao seu país e contribuir com a área na qual se graduou.

Confira a relação dos 570 selecionados, os países de origem, a instituição de ensino superior e o campus onde vão fazer a graduação, o curso, o ano de ingresso (2014 ou 2015) e o semestre

(MEC – 18/02/2014)



Categorias:estudantes

%d blogueiros gostam disto: