A FAMA QUE ATRAI

ESALQ / USP recepciona alunos estrangeiros.

O Serviço de Atividades Internacionais (SVAInt), da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ), recepcionou quinta-feira passada (19/02) os estudantes estrangeiros que chegaram para realizar intercâmbio na Escola. Ao todo, 38 jovens foram recebidos, sendo um da Argentina, um da Bélgica, um do Chile, seis da Colômbia, um dos Estados Unidos da América (EUA), 20 da França, um da Itália, um da Holanda e seis do Peru.

Além de recepcionar os novos alunos, o chefe do SVAInt, Alexandre Joviniano dos Santos, apresentou as atribuições do Serviço e colocou a equipe à disposição para sanar possíveis dúvidas e prestar os auxílios necessários durante o período em que os jovens acadêmicos ficarão na universidade. Os estudantes também receberam instruções de como acessar internet, biblioteca e outros serviços importantes da ESALQ.

A reunião contou ainda com a representação do Centro Acadêmico Luiz de Queiroz (Calq), Diretoria de Curso da Agronomia (DCAgro), Centro Acadêmico de Ciências dos Alimentos (CACAL) Centro Acadêmico de Engenharia Florestal (CAEF), Centro Acadêmico de Gestão Ambiental (CAGeA), Associação Atlética Acadêmica “Luiz de Queiroz” (AAALQ) e Centro de Estudos Linguísticos (CEL), todos empenhados em apresentar trabalhos que são desenvolvidos por eles.

O colombiano Marco Antônio, de 21 anos, veio da cidade de Medellin e explicou que os professores de seu país falavam muito bem dos docentes da ESALQ. “A Universidade de São Paulo (USP) e a ESALQ têm muito reconhecimento em todo o mundo. Essa é uma oportunidade que tenho que aproveitar”, disse o estudante. Ele ressaltou que a experiência é muito boa para o currículo e para conseguir encontrar um trabalho ou continuar um estudo na ESALQ. “Esse ano eu me formo e gostaria demais de voltar para estudar aqui. Gostaria muito de fazer um mestrado”, contou. Marco Antônio fará o curso de Engenharia Florestal.

Já a estudante de Ciência dos Alimentos, Garance de Turenne, de Nantes, na França, disse que tinha muita vontade de conhecer outro país e que tinha uma amiga que sempre falava da ESALQ. “Ela me disse ‘É incrível, você tem que ir para lá’ e me convenceu”. Aos 22 anos, a jovem cursará Ciência dos Alimentos e contou que dividirá um apartamento com cinco garotas brasileiras.

Homari Aoki, 21, já havia estudado no Brasil por um ano. “Eu fiquei no Rio de Janeiro, mas queria fazer aulas mais voltadas para a agricultura e vim para a ESALQ com esse objetivo. Espero conseguir, aqui, ter mais conhecimento sobre o tema”, comentou Homari. A norte-americana contou, ainda, que gosta muito da cultura brasileira e das pessoas. “Aqui também é um ótimo lugar para se aprender mais sobre agricultura, já que nos EUA só temos um conhecimento básico do assunto”.

Alessandra Postali

(Refrescante – 19/02/2015)

 



Categorias:estudantes

%d blogueiros gostam disto: